21 de set de 2016

Joseph Pilates : Nascimento ao falecimento , uma história magnífica !

 NASCIMENTO  ( Alemanha - 1883 )

    Nascido na cidade de Mönchengladbach,  perto de Dusseldorf – na Alemanha, nasceu dia 9 de dezembro ,  1883 , Joseph Hubertus Pilates, criador do Método Pilates http://blogpilates.com.br/o-que-e-pilates-o-que-voce-precisa-saber/ .
    Seu pai era um ginasta de sucesso , de origem grega , e sua mãe trabalhava na área de saúde, era Naturopata .
Cidade Mönchengladbach
 INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA ( estudos e exercícios )

     Joseph Pilates, o criador do método, era uma criança muito doente. Sofreu com doenças como a asma, raquitismo  e febre reumática que, por diversas vezes, impediam os movimentos.
    Joseph não se conformava por ter passado longos períodos sem se mover e, ainda na infância, ficou obcecado por superar seus limites físicos. Para ele, ser um garoto saudável tornou-se uma questão de honra, ainda mais para alguém que, como ele, tinha um pai ginasta . Seus males foram tratados através da prática de prática de atividades como ginástica, natação, esqui, boxe, além de yoga e meditação , foram formas de auxiliar a minimizar suas debilidades.  Joseph costumava ir à mata observar os movimentos dos animais, fator que no futuro resultou em alguns dos seus exercícios sendo classificados com nomes de animais.
    Ainda jovem tornou-se autodidata aprofundando seus conhecimentos em  Anatomia, fisiologia, cultura física. Limpava o jardim de um vizinho que possuía uma biblioteca, em troca de desfrutar dela. Sem contar que ele estudava - e muito - filosofia oriental e a civilização grega (que, não por acaso, foi quem começou no Ocidente com a história de mente sã, corpo são). Funcionou. Tanto que, na adolescência, ele em nada se parecia com o menino franzino e raquítico de outrora - pelo contrário, tornou-se um verdadeiro esportista, exímio esquiador, ginasta, mergulhador e lutador. Tamanho era seu empenho que aos 14 anos já apresentava um físico invejável e servia de modelo para desenhos de anatomia.

ADULTO ( primeira guerra mundial- início da aplicação do método "Contrologia" )



    Em 1912, com 29 anos , Joseph Pilates migra para Inglaterra (Londres) para  trabalhar  para a Scotland Yard  (Polícia Metropolitana de Londres ) como Instrutor de Auto-Defesa .
   Na I Guerra Mundial ( 1914 ) , Pilates, sendo de nacionalidade alemã, veio a ser chamado de “inimigo estrangeiro”, assim como todos os outros cidadãos alemães da época. Foi preso e capturado . Durante sua captura, Joseph investiu seu tempo em aperfeiçoar os métodos diferentes de exercícios que ele denominava  de Contrologia .
I Guerra Mundial

    Ele então começou a ensinar sobre o método.Ele utilizou as molas dos leitos hospitalares para treinar a resistência dos pacientes de acamados.
     Pilates foi primeira pessoa que desenvolveu as formas de reconstrução do exercício para ajudar os pacientes feridos e aqueles que são incapazes de se mover livremente.Sua técnica também ajudou os pacientes que foram confinados à cama ou em cadeiras de rodas .
    Em 1918, quando uma epidemia de gripe atingiu a humanidade, na Inglaterra, nenhum dos seus alunos foi infectado com a doença, enquanto que milhares de pessoas morreram. Isso reforçou a reivindicação de Joseph Pilates sobre a eficiência de seu exercício.
   Depois disso, ele logo foi absolvido das acusações e liberado.Depois da guerra , ele retornou à Alemanha e colaborou com especialistas importante na dança e exercícios físicos, tais como Rudolf Laban. Rudolf Van Laban promoveu as técnicas de Joseph na comunidade de dança adaptandando seus exercícios.

JOSEPH NOS ESTADOS UNIDOS- EUA ( seu primeiro Estúdio )

    Em 1926, descontente com a situação sócio-política de seu país, Joe resolveu imigrar para os EUA de vez e abandonar seu trabalho com o boxe, embarcou em um navio . Somente nesta viagem que Joseph foi conhecer sua terceira esposa, Anna Clara Zuener.

    Juntos abriram um estúdio de fitness na cidade de Nova York, em 1929 . The Pilates Universal Gymnasium ficava no Nº939 da Oitava Avenida em um edificio chamado Van Dick, famoso pela quantidade de artistas que trabalhavam nele, por isso era chamado de "Artist's colony".
   Em 1960, o método Pilates foi muito procurado principalmente pelos dançarinos de Nova York., do New York City Ballet. Seu método ganha muita popularidade, não só na cidade de Nova York, mas também em várias outras partes dos Estados Unidos.
   Ao longo da sua carreira de 38 anos como Diretor de Cultura Física, ele desenvolveu uma lista de clientes com bem mais de 2.000 alunos, incluindo celebridades, artistas famosos, escritores, membros da realeza e do New York "high society". Na década de 1940 um jornal canadense publicou o seguinte: Joe's Studio "um salão de exercício para a classe alta".
FALECIMENTO  (1967 - Morre Joseph ,mas eterniza o método Pilates )
     Quando Joseph Pilates morreu em 1967, com 87 anos ,  Joe acreditou fervorosamente no seu trabalho até seu último suspiro, segundo histórias contadas, Joseph faleceu após um grande incêndio em seu studio, pois tentou salvar tudo o que pode em meio as chamas. Segundo a Historia que contamos lá no inicio Joe tinha asma, muitos dos que dão continuidade a sua trajetória dizem que ele veio a óbito devido a complicações respiratórias por conta de sua asma. Mas nada foi confirmado, sua morte é uma incognita, outros dizem que ao perder tudo ,Joe se entregou aos cigarros, charutos cubanos que tanto amava, wisk e jogos.
   O seu método era praticamente desconhecido fora do grupo restrito constituído por dançarinos, atores, e clientes ricos que tinham treinado no seu estúdio. Pilates morreu em silêncio, sem instruções à Clara de como ela deveria manter a sua linha de trabalho.Ela traçou seu próprio caminho e manteve o estúdio, Studio Pilates.
   Romana Kryzanowska, uma vez aluna de Joseph e Clara em 1940, ajudou Clara com o estúdio e continuou a trabalhar com ela.
    Outros alunos, considerados os Elderes também ajudaram a difundir e dar continuidade ao método maravilhoso do Joseph , como exemplo : Eve Gentry , Bruce King , Mary Bowen e Robert Fitzgerald .
    Atualmente o Pilates conta com cerca  de dez  milhões de praticantes no mundo !!!

Fontes :


27 de set de 2013

Pilates para corredores!

Correr é uma das atividades físicas mais completas, onde exercitamos o corpo, coração e a mente, trazendo benefícios para a saúde, prevenindo diversas doenças que podem nos acometer. Mas existe a incidência alta de um grande número de lesões osteomioarticulares .


Causas :
Na verdade, o que existe é uma combinação de diversas causas que podem gerar um processo de lesão . Podemos citar algumas :

- Alto volume de treinamento (Correr é algo natural para nós e o que nos predispõe a ter lesões é a urgência por resultados que levam a treinamentos excessivos. Esse excesso no treinamento de corrida pode gerar cargas axiais verticais excessivas causadas pelo impacto gerado e pelo movimento repetitivo que apresenta.. Atualmente ainda se têm poucas evidências sobre o assunto. O que se sabe é que os dois principais fatores de risco para uma lesão na corrida são o histórico no aparelho musculoesquelético e correr acima de 50 km semanais )


- Desequilíbrios e fraqueza musculares;


- Déficit de flexibilidade;


- Desigualdade de membros inferiores (As diferenças podem ser de apenas alguns milímetros mas, as milhares de passadas começam a sobrecarregar mais um determinado local do que outro . É bom lembrar que, em plena maratona, cada pé toca no chão, mais ou menos 28.000 a 30.000 vezes, o que significa que uma diferença, mesmo mínima, será responsável por diferentes sobrecargas nos tendões. Se a diferença for de 10 mm, chegamos a um desnível total de 280 metros no fim da maratona, aspecto só por si compreensível e quase certo de provocar grave lesão.)


- Falta de aquecimento adequado antes da corrida;


- Uso de tênis inapropriado;


- Natureza do terreno ;


- Peso do corredor.





Principais lesões em corredores :




Tendinite do tendão de Aquiles : Se apresenta principalmente como dor na região do calcanhar que tende a melhorar com o aquecimento.


Fascite plantar: Dor na parte posterior da sola do pé ao tocar o chão. Geralmente o pior momento da dor acontece durante os primeiros passos pela manhã ou durante o início da corrida.



Síndrome do estresse tibial medial : Também conhecida como canelite, geralmente apresenta-se como dor na região anterior ou medial da perna . No início desse processo, a dor pode surgir no começo de uma corrida, resolver-se com o esforço contínuo, para apenas voltar no fim ou após o exercício. De maneira alternativa, pode ser apenas observada no final da corrida. No estágio inicial, a dor tende a acalma-ser com o repouso imediato. Com o treinamento continuado, pode tornar-se mais grave, aguda e persistente.


Fraturas por estresse: A fratura por estresse pode ser denominada como: “fissuras microscópicas dos ossos, causadas por uma quantidade de impacto excessivo”Ocorrem principalmente na tíbia, metatarsos, fíbula e navicular e são o resultado de um desbalanço entre estresses mecânicos locais e o remodelamento ósseo. As causas são multifatoriais, mas geralmente a fratura ocorre pela insistência do corredor em treinar mesmo sabendo que seu corpo já está dando sinais como dor e fadiga.



Síndrome patelo-femoral: Conhecida também com “Joelho do corredor” é caracterizada por uma dor na região anterior do joelho que piora ao agachar ou subir escadas; dor após períodos prolongados na posição sentada.



Tendinite Patelar: Conhecida também como “Joelho do saltador” é caracterizada por ser uma síndrome gerada pelo excesso de treinos, muitas vezes além do limite de resistência do tendão. A dor se localiza na inserção do quadríceps (acima da patela), no corpo do tendão ou na tuberosidade da tíbia (abaixo do joelho).



Síndrome do atrito da Banda iliotibial: A síndrome da banda iliotibial é a causa mais comum de dor lateral no joelho em corredores, com incidência maior que 12% de todas as lesões por sobrecarga encontradas na corrida. É uma lesão causada pelo atrito repetitivo da banda iliotibial, principalmente pelas fibras posteriores, no epicôndilo lateral do fêmur. Como se trata de uma lesão por sobrecarga, é muito observado em corredores de longa distancia. Estudos mostram que durante o ciclo da corrida, o momento de maior atrito das fibras posteriores da banda iliotibial no epicôndilo lateral do fêmur ocorre logo após o toque do pé no solo. Essa zona de atrito se encontra a aproximadamente 30 graus de flexão do joelho .



Pubalgia: Dor insidiosa na região dos adutores do quadril que é agravada pela corrida ou movimentos de pivô quando apoiado em uma perna. Pode também estar associada a dor na região do púbis. Causada principalmente por erros de treinamento como rápido aumento no volume e intensidade de treino, falta de aquecimento e alongamento dos adutores.




Pilates como auxílio na corrida



Através do conhecimento de Anatomia, Biomecânica, Cinesioterapia e Propriocepção são realizados trabalhos preventivos no Pilates de reequilíbrio muscular e articular, a fim de, reduzir os riscos intrínsecos e fatores que podem pré-dispor as lesões na corrida.

Objetivos:
- Fortalecimento muscular global , não só de membros inferiores, como também a importância de se trabalhar coluna e membros superiores .
É importante que o corredor fortaleça os extensores de coluna e abdominais ( principalmente a musculatura profunda estabilizadora ) , assim auxilia a prevenir a lombalgia e postura errada na corrida.
Além disso, quem corre permanece com o cotovelo flexionado . Se não tiver fortalecimento de bíceps e tríceps não consegue ficar nessa posição, portanto a necessidade de um treino de resistência para esses músculos. Existe também o movimento de “pêndulo” do braço , no qual o deltóide, em sua porção anterior, faz o movimento do pêndulo para a frente e a porção posterior, o mesmo movimento para trás.

- Flexibilidade muscular ;

- Treinamento de função > exercícios que simulem a biomecânica envolvida na corrida ;

- Exercícios de propriocepção ;

- Consciência corporal e respiração !


Referências :

1 -http://www.trustsports.com.br/treina_detalhes.php?id=41
2 -http://sprunig.net/wp-content/uploads/Disserta%C3%A7%C3%A3o-de-Mestrado-Luiz-05-12-2011.pdf
3 -http://www.minhavida.com.br/fitness/galerias/13921-evite-as-sete-lesoes-mais-comuns-em-corredores
4 -http://www.neo.org.br/medicos/pdf/Cartilha_do_Corredor.pdf
5 -http://www.educacaofisica.com.br/index.php/ciencia-ef/canais-cienciaef/medicina-esportiva-socorros/6831-fratura-por-estresse-prevencao-e-tratamento
6 -DUTTON, Mark. Fisioterapia Ortopédica: exame, avaliação e intervenção Tradução: Maria da Graça Figueiró e Paulo Machado. - 2º Ed. - Porto Alegre: Artmed – 2010
7 -Fredericson M, Wolf C. Sports Med. 2005;35(5):451-9
8 -Cohen, M. Lesões nos Esportes




14 de set de 2013

Pilates no Instagram !

Sigam no Instagram : @pilatesluciana !!! Exercícios , dicas e atualizações em Pilates !

"Aluna do dia " ( 11 )

A "Aluna do dia" é a Fernanda . O exercício executado é o Pelvic Press no aparelho Cadillac ( variação : prancha com extensão ) . Benefícios : - Mobilização da coluna em flexão ( ponte ) e extensão ; - Fortalecimento de membro inferior e estabilizadores do tronco ; - Coordenação motora apurada

"Aluna do dia " ( 10 )

A "Aluna do dia" é a Raquel ! O exercício realizado é o Parekeet no aparelho Cadillac . Benefícios : - Fortalecimento da musculatura do tronco ( transverso abdominal , multifídius , paravertebrais ), glúteo e isquiotibiais ; - Alongamento de membro inferior ( isquiotibiais , glúteo ) ; - Integração completa do corpo; - Coordenação motora e concentração .

"Aluna do dia" ( 9)

A"Aluna do dia" é a Shizuko . Nesta foto ela está realizando o exercício Seated arm work Facing in , no Wall Unit . É um exercício de membro superior sentado na bola . A instabilidade da bola gera ativação de membro inferior também , sendo então um exercício de integração completa do corpo ! Benefícios : - Equilíbrio ; - Postura ; - Fortalecimento de vários grupos musculares como verificamos na foto !

Aluno do dia ( 8 )

O "Aluno do dia" hoje é o Antonio . Nesta foto ele está realizando o exercício Hanging Up 2 ( com flexão de braços ) . É um exercício clássico , como podemos perceber na analogia com uma foto do grande mestre Joseph Pilates passando também este exercício ( meados de 1960 no seu Studio em New York ) !!! Benefícios : - Fortalecimento de membros superiores, glúteo e centro ; - Alongamento da cadeia anterior ; - Descarga de peso axial ( tração ) ; - exercício revigorante!!!